Mais Lidas

Empreendedores

Casal se destaca no DF cultivando cogumelos comestíveis e medicinais

Túlio e Valéria Santana estão à frente do Grupo Stelliá, que em quatro anos cresceu com o apoio do Sebrae-DF

acessibilidade:
Valéria e Túlio Santana, empreendedores da Stelliá, que produz shimejis, erynguis, shitakes etc em Sobradinho, DF.

Uma pequena propriedade rural localizada nos arredores do antigo Polo de Cinema Grande Otelo, em Sobradinho, foi o espaço encontrado pelo casal Túlio Santana, 39, e Valéria Santana, 41, para iniciar a realização de um sonho antigo: o de poder trabalhar juntos, em harmonia e, de preferência, à frente de um negócio próprio.

O dois, que estão juntos desde os tempos em que cursavam engenharia agronômica na Universidade Federal de Sergipe (UFS), são os fundadores e gestores do Grupo Stelliá, uma empresa genuinamente brasiliense que cultiva e comercializa cogumelos orgânicos e que podem ser utilizados tanto na culinária quanto na medicina.

A marca foi oficialmente criada em 2018, com o apoio do Sebrae no Distrito Federal, e recebeu o nome em referência às duas primeiras filhas do casal, Stella e Maria Júlia, hoje, respectivamente com nove e sete anos.

A ideia de se aventurar no universo da fungicultura surgiu após um período de mais de 12 anos no qual o casal morou em diversas cidades no Brasil, como Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. A mudança era um hábito comum e necessário pelo fato de Túlio trabalhar no segmento de construção civil. No entanto, em uma viagem para a Capital Federal, local em que Túlio já havia residido em sua adolescência, foi que a ideia de migrar de área e cultivar cogumelos começou a ser, de fato, amadurecida.

“Chegando a Brasília minha esposa viu a divulgação de um curso sobre cultivo de cogumelos e achou interessante. Ela me incentivou, e então eu resolvi fazer o curso, achei a ideia um tanto interessante e como já queria mudar a minha área de atuação, a gente começou a desenvolver o nosso próprio negócio”, recorda ele.

Embora tivesse passado boa parte de sua vida profissional vivenciando uma rotina quase que totalmente imersa na área de engenharia, Túlio conhecia bem o trabalho desenvolvido pelo Sebrae e sua importância para o crescimento de pequenas empresas, pois já havia participado de cursos, palestras e oficinas ofertadas pela instituição. Foi a partir dessa noção que ele procurou novamente o Sebrae para verificar a viabilidade do empreendimento e iniciar a elaboração de seu primeiro plano de negócios. Na sequência, ele e sua esposa iniciaram a busca por um local rural, adquirindo uma propriedade em Sobradinho, cuja área inicial era de apenas dois hectares.

“O primeiro curso que participei promovido pelo Sebrae se chamava “Aprender a empreender”. Isso já tem mais de 20 anos e até hoje eu tenho o material que me foi entregue na ocasião. No decorrer dos anos, fui participando de cursos de gestão, de finanças e agora estou focado em ampliar meus conhecimentos em cogumelos e nas áreas que envolvem a atuação da minha marca”, conta Túlio.

O casal de engenheiros fungicultores também já aproveitou uma série de consultorias oferecidas por meio do Sebraetec, solução que possibilita que donos de pequenos negócios possam implementar melhorias em processos, produtos e serviços ou mesmo introduzirem inovações dentro de seus empreendimentos. Túlio e Valéria já contrataram consultorias para estabelecer os preços de seus produtos, aprimorar a área financeira da empresa, a identidade visual utilizada pela marca e também para desenvolver produtos com alto valor agregado. No momento, eles estão sendo beneficiados com uma consultoria voltada para a área de marketing.

A propriedade em que está localizada o Grupo Stelliá foi expandida e conta, atualmente, com uma área de 15 hectares. Contudo, para a produção, Túlio e Valéria utilizam cerca de dois hectares, dimensão que, segundo eles, permite uma produção significativa capaz de atender à demanda do exigente público brasiliense. Semanalmente, a marca colhe cogumelos suficientes para produzir entre 600 e 700 bandejas, que são comercializadas para mais de 50 restaurantes e supermercados localizados no DF.

Embora tenham conquistado projeção em nível local com muita celeridade, o casal procura estar envolvido em todas as etapas do cultivo dos cogumelos, desde a curadoria dos melhores tipos para serem cultivados, passando pela clonagem, até a comercialização final com os pontos de vendas em distribuídos em todo o Distrito Federal. A produção dos cogumelos atualmente é toda feita em estufas, com controle de temperatura, umidade e com a adição de substrato, uma espécie de material que tem como função prover sustentação e também nutrientes para o crescimento de cogumelos do tipo shimejis – brancos e pretos –, erynguis, shitakes, ganodermas e jubas de leão.

Valéria e Túlio exibem alguns dos seus produtos, orgulhosos.

“O nosso diferencial é que apresentamos um produto muito fresco ao consumidor. A gente colhe e entrega no mesmo dia e assim conseguimos fazer frente ao mercado de São Paulo, que é o mais forte do país. Os cogumelos que veem de lá demoram, em média, dois ou três dias para chegar até a mesa do consumidor brasiliense, e o nosso, não. Colheu pela manhã, à tarde já está no ponto de venda”, salienta Túlio.

Os próximos passos da marca já estão sendo planejados pelo casal e envolvem uma nova aproximação com o Sebrae no Distrito Federal. Entre as primeiras atividades dessa lista está o lançamento de um antepasto de cogumelo, produto que é fruto de uma consultoria para o desenvolvimento de novos produtos realizada junto à instituição no fim do ano passado. Um outro passo importante é a automatização para a linha de produção, principalmente a parte de fabricação do substrato e de embalagem dos produtos. Hoje, todo o trabalho desenvolvido pela marca é feito de maneira manual pelo casal e com o apoio de três funcionários.

“A fungicultura é mundo vasto de opções. A nossa intenção é ampliar, expandir a produção ainda este ano e o Sebrae é a referência que tenho para me ajudar a viabilizar tudo isso”, conclui Túlio.

Serviço – Grupo Stelliá
Contato: 61 99422-1064
Redes Sociais: @ grupo_stellia

Reportar Erro