Baixarias no DF

TRE-DF manda excluir 20 vídeos da campanha do PT-PV insultando adversários

Candidato do PV está a serviço do PT, cujo governo no DF foi marcado pela corrupção

acessibilidade:
Sede do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) - Foto: divulgação.

Somente nesta semana, a Justiça Eleitoral do Distrito Federal determinou a retirada do horário obrigatório de rádio e televisão e redes sociais 20 peças publicitárias de Leandro Grass, candidato do PV a serviço do PT.

A decisão do Tribunal Regional Eleitoral do DF tenta conter a estratégia do insulto e do achincalhe contra adversários, usando o tempo e o dinheiro público do Fundo Eleitoral.

O conteúdo ofensivo da campanha de Grass tem a ver com a estratégia do próprio PT de chamar o adversário de “ladrão” para “empatar o jogo”, na medida em que o partido não conseguiu encontrar um filiado politicamente relevante forte e de ficha limpa para disputar o cargo de governador.

A dificuldade do PT tem a ver não apenas com a reputação da maior liderança do partido, Lula, que cumpriu pena em regime fechado por corrupção e lavagem de dinheiro, mas também com os próprios petistas do DF.

Por essa razão, os petistas foram buscar no PV um deputado distrital inexpressivo, o menos votado em 2018, para desenvolver uma campanha baseada no ódio. Não por acaso, Grass tem dito que pretende “recuperar o GDF” para sua turma. A última vez que isso aconteceu foi um desastre.

A memória mais recente de gestão do PT em Brasília é a de Agnelo Queiroz, que acabou preso sob suspeita de inúmeros casos de corrupção passiva.

Falta pautar julgamentos

Apesar de haver determinado a exclusão de duas dezenas de vídeo de ódio da campanha de Leandro Grass, o fato é que o TRE-DF não pune os crimes com a agilidade que uma campanha exige.

A uma semana da eleição, o TRE-DF ainda não pautou o julgamento das inúmeras ações movidas pela campanha de Ibaneis Rocha (MDB), governador que tem sido alvo preferencial das ofensas do candidato do PV-PT.

A Justiça Eleitoral tampouco cassou o tempo usado por Grass usou para insultar os adversários, que até agora Ibaneis apenas têm obtido direito de resposta. Muito pouco para quem vem sendo muito ofendido.