São Paulo

Pesquisa mostra empate técnico entre Haddad e Tarcísio, com Rodrigo chegando

Na estimulada, 3,4 pontos os separam; na espontânea, 15,1% a 14,8%

acessibilidade:
Fernando Haddad (PT), Tarcísio Freitas (Republicanos) e Rodrigo Garcia (PSDB), candidatos ao governo de São Paulo.

Levantamento divulgado nesta sexta-feira (23) pelo Instituto Paraná Pesquisa mostra situação de empate técnico entre Fernando Haddad (PT) e Tarcísio de  Freitas (PL), tanto no cenário estimulado quanto no espontâneo.

De acordo com a pesquisa, o petista segue em primeiro lugar, mas com 29,8%, empatado tecnicamente com Tarcísio, candidato bolsonarista, que está a 3,4 pontos de distância, com 26,4%. O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), candidato à reeleição, soma 21,8% e está a 4,6 pontos de Tarcísio.

No quadro comparativo com pesquisas anteriores, o Paraná Pesquisas identificou um progressivo declínio de Haddad, que tinha 33,2% em julho e foi caindo nas pesquisas seguintes até chegar aos atuais 29,8%.

Já os candidatos mais próximos do líder das pesquisas apenas cresceram, desde julho. Tarcísio tinha naquele mês 22,5% e foi crescendo até os atuais 26,4%. Rodrigo também registrou evolução impressionante, para quem somava 14% em julho e agora tem 21,8%.

No cenário espontâneo, a situação de empate é quase numérica: o petista tem 15,1% das intenções de voto, enquanto Tarcísio Freitas chega a 14,8% e Rodrigo tem 10,3%.

Tanto no cenário estimulado quanto no espontâneo, os demais candidatos não chegam a atingir 1%.

O Paraná Pesquisas entrevistou presencialmente, face a face, 1.810 eleitores em 75 municípios paulistas, entre os dias 18 e 22 de setembro, e registrou a pesquisa sob nº SP-01737/2022.

Veja a pesquisa estimulada para governador de São Paulo:

Aqui, o cenário espontâneo de intenção de votos:

Neste quadro, a involução e a evolução dos candidatos: