Por um fio

Onyx disputa 2º turno contra Leite, que superou petista por 2,5 mil votos

Ex-governador Eduardo Leite teve 26,81%, mas teve disputa acirrada contra Edegar Pretto (PT), que terminou com 26,77% dos votos válidos

acessibilidade:
Onyx Lorenzoni (PL) e Eduardo Leite (PSDB) disputam o segundo turno no Rio Grande do Sul.

A disputa pelo governo do Rio Grande do Sul será decidida no segundo turno com a disputa entre o ex-ministro Onyx Lorenzoni (PL) e o ex-governador Eduardo Leite (PSDB), que teve 2,5 mil votos a mais que o terceiro colocado, Edegar Pretto (PT).

Com 100% das urnas apuradas, Onyx teve 37,5% dos votos válidos. Eduardo Leite (PSDB) teve 26,81% contra 26,77% de Pretto.

Luis Carlos Heinze (PP) tem 4,27%, Argenta (PSC) tem 2%, Vieira da Cunha (PDT) tem 1,6%, Ricardo Jobim (Novo) tem 0,61% e Vicente Bogo (PSB) tem 0,27%. Rejane de Oliveira (PSTU) 0,1% e Carlos Messala (PCB) 0,06%.

 

Para o Senado, os gaúchos optaram pelo vice-presidente Hamilton Mourão (Rep) com 44,11% dos votos válidos. Olívio Dutra (PT) teve 37,85%, Ana Amélia Lemos (PSD) teve 16,44%, Professor Nado (Avante) tem 0,58%, Sanny Figueiredo (PSB) tem 0,54% e Maristella Zanotto (PSC) tem 0,29%. Fabiana Sanguiné (PSTU) tem 0,16% e Paulo Rosa (DC) 0,04%.