Mais Lidas

Eleições 2022

Em Goiás, Caiado lidera disputa onde quase todos são de centro-direita

Perillo aparece em 3º para governador, mas lidera para o Senado

acessibilidade:
Ronaldo Caiado, Gustavo Mendanha e Marconi Perillo, pela ordem, são os favoritos para o governo de Goiás.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), é o favorito entre todos os candidatos a vencer a eleição de outubro e continuar no cargo que ocupa.

Afora um pré-candidato petista, 1,2% na pesquisa, todos os demais fazem parte do chamado “campo político” conservador que apoia a reeleição de Jair Bolsonaro (PL), talvez com a exceção do candidato do partido Novo, que tem 1,5%.

De acordo com levantamento do Paraná Pesquisa, em pesquisa espontânea, Caiado foi o mais citado entre todos os candidatos, totalizando 14,7%, mas esse ponto das pesquisa indica que a maioria esmagadora dos goianos (65,6%) ainda estão indecisos.

Ainda na espontânea, em segundo lugar, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (Patriotas) tem 6,6%, quase o dobro dos 3,5% atribuídos ao ex-governador Marconi Perillo (PSDB). O deputado Major Vitor Hugo (PL) soma 1,6% e os demais não chegam a 1%.

“O bicho pega” na pesquisa estimulada, quando o entrevistador mostra ao entrevistado a lista de pré-candidatos ao governo.

Em um primeiro cenário, Caiado segue na liderança com 40,8%, enquanto o 2º colocado Gustavo Mendanha soma 21,9% e Perillo surge em terceiro com 14,6%. Major Victor Hugo, em 4º, soma 7,7%, Edgar Diniz (Novo) 1,5% e Wolmir Amado (PT) 1,2%.

Nesse Cenário 1, 4,7% não sabem ou não responderam e 7,6% responderam “nenhum” ou prometem voar nulo ou em branco.

Veja o cenário mais provável para governador de Goiás:

O Paraná Pesquisas também propôs aos entrevistados um cenário de candidatos a governador excluindo a participação do tucano Marconi Perillo na disputa.

Nessa hipótese, todos parecem herdar os votos do ex-governador, desde Caiado, que sobre para 45,8% ao petista Wolmir, que ganha 0,3% e vai a 1,5%. Também ganham Gustavo Mendanha, que sobe de 21,9% para 25,8%, Major Victor Hugo, que vai a 9,1%. Diniz registra 1,8%.

Veja os números para o governo sem Perillo na disputa:

O governador Ronaldo Caiado confirma seu favoritismo também em cenários de segundo turno, seja contra Gustavo Mendanha (51,8% a 32,5%) ou contra Marconi Perillo (56,3% a 22,1%).

Na disputa pelo Senado, Perillo é o favorito 

Se a situação do tucano Marconi Perillo é incerta na briga pelo governo de Goiás, situando-se em terceiro lugar, para o Senado ele é quem apresenta os números mais expressivos. Na disputa pela vaga no Senado, não há segundo turno; vence o mais votado no primeiro turno.

De acordo com o Paraná Pesquisa, em cenário estimulado, o ex-governador tem 24,7% das intenções de voto, bem à frente do segundo colocado, mais de dez pontos à frente do deputado Delegado Waldir (União Brasil), que tem 17,3%.

Outros candidatos do Cenário 1 são o deputado João Campos (Republicanos, com 8,7%, Dr. Zacharias Calil (União Brasil) 8,2%, ex-ministro Alexandre Baldy (PP) 4,9%, Luiz do Carmo (PSC) 3,2% e Lissauer Vieira (PSD) 2,1%.

Sem Perillo na eleição para senador, assume a liderança o deputado Delegado Waldir, com 23,4%

O Paraná Pesquisa entrevistou pessoalmente, e não por telefone, 1.540 eleitores de 60 municípios de Goiás entre os dias 13 e 17 de junho, e registrou a pesquisa no TSE sob o nº º GO-00766/2022.

Reportar Erro