Presente grego

Ano começa com mais impostos no diesel, que sobe R$0,30/litro

Haddad anunciou que reoneração começa a valer a partir de 1 de janeiro

acessibilidade:
Uma das medidas em análise é a anulação do ato declaratório realizado durante o governo de Jair Bolsonaro (PL) (Foto: Ministério da Fazenda/ Diogo Zacarias)

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmou que o diesel vai ser aumentado a partir do dia 1ºde janeiro, com a “reoneração”, eufemismo para mascarar o aumento de imposgtos. O impacto do “presentão de ano novo” deve ser de R$0,30 por litro do combustível.

A medida anunciada pelo ministro de Lula, na prática, anula a redução de igual valor divulgada pela Petrobras no preço do litro do diesel tipo A para as distribuidoras.

Apesar da reoneração anunciada, Haddad nega aumento no preço do combustível.

“Na verdade, a Petrobras hoje anunciou o segundo corte no mês de dezembro, que mais do que compensa a reoneração de 1º de janeiro. Isso é importante para todo mundo ficar atento, porque se vier argumento de aumento do preço, não tem nada a ver. Não há nenhuma razão para impacto do Diesel”, disse Haddad.

Reportar Erro