Mais Lidas

Mercado em pânico

Ibovespa tem sexto circuit breaker desde início da crise do coronavírus

Bovespa segue desabando depois de interromper negócios

acessibilidade:

O novo tombo de mais de 10% da Bolsa brasileira, a 66.961 pontos, levou à sexta paralisação nos negócios desde o início da crise do coronavírus, igualando o número de suspensões registradas durante a crise de 2008.

As negociações da Bolsa ficaram fechadas por 30 minutos das 13h18 às 13h48, nesta quarta-feira (18).

A queda da bolsa acompanha os mercados globais, em meio a temores de que nem mesmo a série de medidas anunciadas por governos e bancos centrais para combater os impactos do coronavírus será suficiente para evitar uma recessão global.

Às 14h10, o Ibovespa recuava 14,54%, a 63.768 pontos.

As Bolsas americanas também interromperam os negócios nesta quarta após atingirem limite de baixa de 7%. A suspensão é de 15 minutos.

Desde que a pandemia do coronavírus teve início, o circuit breaker foi acionado seis vezes em apenas oito sessões. A última vez foi na segunda (16), quando o Ibovespa chegou a cair 13,92%.

A cotação do dólar volta a acelerar alta e sobe 3,55%, a R$ 5,18. Na máxima do dia a moeda norte-americana bateu pela 1ª vez R$ 5,20, até intervenção do Banco Central.