Mais Lidas

Made in Brasil

Volvo do Brasil inicia exportação de ônibus para a Costa do Marfim

Reforçando as exportações, a empresa embarcou unidades do B270F e do B8R para o país africano

acessibilidade:
Ônibus da Volvo nas cores branca, laranja e rosa com as letras UTB da empresa da Costa do Marfim.
Volvo do Brasil inicia exportação de ônibus para a Costa do Marfim

A Volvo do Brasil expande vendas ao exterior com exportação de 25 unidades do ônibus B270F e duas do B8R para a Costa do Marfim. O país africano se junta ao Chile, Peru, Colômbia, Argentina, Bolívia e Guatemala como destino dos modelos fabricados no Paraná. 

Entregues pela SMT, importador Volvo na Costa do Marfim, os veículos foram adquiridos pela Union des Transports de Bouake Sarl (UTB), um dos maiores operadores de transporte rodoviário do país. Todos os veículos foram encarroçados pela Marcopolo.

“A pandemia impôs desafios imensos ao segmento de ônibus. Ainda assim, estamos conseguindo fazer bons negócios não só no Brasil, onde estamos mantendo volumes mesmo em um mercado em queda, mas também fechando bons contratos com outros países da América Latina e também mais distantes”, afirma Fabiano Todeschini, presidente da Volvo Buses Latin America.

A exportação para a Costa do Marfim é mais um dos contratos recentes para a África. Em 2020, a fábrica brasileira da Volvo enviou 440 ônibus para países do continente.

Os novos veículos vão atender a rota entre Abidjan, a maior cidade e capital econômica da Costa do Marfim, e Bouakê, a terceira mais populosa. Abidjan fica no litoral e Bouakê, no centro do país. São 340 quilômetros e os ônibus Volvo devem transportar 4,5 mil passageiros e rodar cerca de 25 mil quilômetros por mês em três viagens diárias.

A maior parte dos veículos exportados é do modelo Volvo B270F. O chassi tem versões urbana, rodoviária e para fretamento. O motor dianteiro de 7.2 litros rende 270 cavalos e torque elevado, segundo a marca, ideal para operações que requerem ar condicionado e mais conforto aos passageiros.