“Muscle Truck”

Ram Classic chega ‘menos cara’ que a Toyota Hilux GR-S

A picape grande com motor V8 de geração antiga tem preço inicial menor que a versão esportiva da líder entre as médias

acessibilidade:
Ram Classic.
Ram Classic chega ‘menos cara’ que a Toyota Hilux GR-S. Fotos: Ram.

Após lançar moda com a apresentação de um veículo velho com a Classic, a Ram divulga os preços da picape de entrada da marca no país. Baseada na geração anterior da 1500, a caminhonete chega ao Brasil em duas configurações com o poderoso motor V8, partindo de R$ 349.990, menos cara que a Toyota Hilux GR-S, que custa insanos R$ 354.790.

Como anunciado, a Classic desembarca por aqui em uma versão com duas configurações, a Laramie e a Laramie Night Edition (R$ 359.990), a diferença das duas fica apenas pelo acabamento, que na segunda, como o nome indica, abandona os cromados focando nos detalhes em preto. 

A picape é baseada na quarta geração da 1500, apresentada em 2008 nos Estados Unidos – a quinta, e atual, foi lançada em 2015. Segundo a Ram, a opção por batizá-la apenas de Classic se deu para não confundi-la com a 1500 Rebel. Mesmo velha, ela é a mais nova caminhonete disponível no Brasil. 

A ideia da Ram em trazer a Classic é, primeiro, aproveitar o boom que a marca passa pelo país, que bateu recorde de vendas em 2021. E, com isso, trazer um produto menos caro que as irmãs e para bater de frente com as versões topo de linha das picapes médias.

Ram Classic.

O interior é defasado em relação as irmãs mais modernas.

Um ponto positivo para a Classic é a motorização para quem gosta de propulsores poderosos. Ela, assim como a Rebel, utilizará a gigante caixa de força Hemi V8 5.7 de impressionantes 400 cavalos e 56,7kgfm de torque aliado a transmissão automática de oito velocidades, direção elétrica e, claro, sistema de tração 4×4 com reduzida. 

Dessa forma, mesmo sendo uma picape, a Classic assume o posto de veículo com motor V8 menos caro à venda no Brasil. Em compensação, por ser gasolina, ela tem um porém proporcional ao seu tamanho, a capacidade de carga. 

Ram Classic.

O grande diferencial da picape é o poderoso motor V8.

Mesmo de porte grande e com uma caçamba capaz de levar 1.424 litros, a Classic tem uma capacidade de carga pior do que a da Fiat Strada cabine dupla, levando míseros 531kg, ou seja, não é nada voltada para o trabalho. Pelo menos, a capacidade de reboque é digna da marca, podendo puxar até impressionantes 3.534kg.

Na parte do visual, além de ser da geração anterior, a Classic tem estilo inspirado na segunda geração de picapes Ram (há época ainda sob bandeira Dodge) de 1993. Foi essa linha que transformou o mercado de caminhonetes grandes nos Estados Unidos com os modelos da marca do bode sendo apelidadas de “big rig”.

Ram Classic.

A Laramie tem acabamento cromado.

O design da Classic se destaca pelos faróis que ficam em posição abaixo da linha superior da grade. Como um bom modelo da Ram, as linhas são musculosas e reforçam o estilo esportivo da picape. A principal diferença das duas versões serão as cores. Enquanto na Laramie o foco é o cromado, a Night Edition conta com detalhes em preto e na cor da carroceria.

Como falamos, a caçamba é uma “bagunça”, ao mesmo tempo é grande, mas “fraca”, levando pouco peso. Ela conta com revestimento protetor especial por toda a superfície, exclusivo das picapes da marca, e iluminação de LED na lateral e no alto.

Ram Classic.

O espaço interno é o generoso característico da marca.

Por dentro, o espaço generoso comum à marca. As portas contam com acabamento emborrachado, elas e o painel de instrumentos são revestidos em couro e a iluminação interna é em LED. O assento traseiro é bipartido e pode ser levantado, com um nicho para objetos e uma plataforma dobrável que pode tornar o piso completamente plano.

A lista de equipamentos é excelente, para um veículo de 2008, mas não para um de 2022. De série, ela vem com itens esperados para um modelo deste porte, como ar-condicionado digital dual zone e saída para a traseira, bancos dianteiros com ajustes elétricos, memória para o motorista, aquecimento e ventilação e traseiros laterais com aquecimento e central multimídia com tela de 8,4 polegadas e conexão com fio para smartphones.

Ram Classic.

Na Night Edition, o acabamento é em preto e na cor da carroceria.

Ela ainda vem com chave sensorial, partida remota, quadro de instrumentos com seis mostradores e tela digital TFT de sete polegadas, estribos laterais fixos, pedais do acelerador e freio com regulagem elétrica de distância, sistema de som premium Alpine, tapetes de borda elevada, tomada de 110V no painel e volante com aquecimento.

Na parte da segurança, equipamentos básicos, como piloto automático, seis airbags, assistente de partida em rampa, controles de tração, estabilidade, de oscilação de reboque  e de mitigação de rolagem da carroceria, freios a disco nas quatro rodas com Brake Assist (que aproxima as pastilhas em caso de chuva) e luz de circulação diurna e lanternas em LED.

Ram Classic.

Ram Classic.

Ou seja, nada de carregador por indução para celulares, conexão sem fio com a central multimídia, teto solar, faróis em LED (são projetores) ou auxiliares e assistentes de direção, como alerta de frenagem, monitoramento de ponto cego ou ainda um piloto automático adaptativo.

Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic chega ‘menos cara’ que a Toyota Hilux GR-S. Fotos: Ram.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram Classic.
Ram lança moda e apresenta “carro velho” como novo com a Classic. Fotos: Ram.