Boas ações

Mercedes doa 12 toneladas de alimentos em ação para minimizar efeitos da pandemia

A marca promove campanha de arrecadação de alimentos junto aos colaboradores no país

acessibilidade:
Mercedes doa 12 toneladas de alimentos em ação para minimizar efeitos da pandemia. Foto: MB.

A Mercedes-Benz do Brasil afirma que mantém seus esforços para promover ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19 no país. Para isso, a empresa organizou uma série de iniciativas que engajaram tanto os colaboradores de suas fábricas em São Bernardo do Campo e Campinas em São Paulo e Juiz de Fora (MG), quanto parceiros e terceiros.

Entre as iniciativas realizadas, a Mercedes mobilizou seus mais de 10 mil funcionários para uma campanha de arrecadação de alimentos, que somou quase duas toneladas de produtos não perecíveis. Ao mesmo tempo, a marca doou o equivalente a quase 10 toneladas em cestas básicas. No total, foram cerca de 12 toneladas de alimentos, já entregues aos três municípios para atendimento das famílias mais necessitadas.

“Desde o início da pandemia, estamos reunindo esforços e adotando medidas que possam amenizar seus efeitos negativos, seja com ações internas ou externamente, para as comunidades em que estamos presentes. Nós temos como propósito fazer a diferença na vida das pessoas”, afirma Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil.

Além da campanha de arrecadação de alimentos, outras ações estão sendo realizadas em apoio às comunidades neste momento mais difícil de pandemia, como a doação de dois geradores de energia para dois hospitais em Juiz de Fora e a entrega de nove mil faceshields para hospitais localizados no ABC Paulista, Campinas e Juiz de Fora. 

A Mercedes-Benz também cedeu 53 cilindros de oxigênio da Air Liquid que estavam em suas fábricas para serem utilizados em vários hospitais pelo País. Além disso, uma doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) pela unidade de Campo de Provas em Iracemápolis (SP) para um hospital local também está em andamento.