Mais Lidas

Saída prematura

Mais um adeus precoce, Volkswagen aposenta o up! no Brasil

O primeiro modelo nacional com motor TSI vinha perdendo versões e despencando nas vendas

acessibilidade:
Volkswagen aposenta o up! no Brasil. Fotos: VW.

Três meses, foi o que durou a linha 2021 do Volkswagen up!. O supercompacto que revolucionou o mercado nacional sai de cena e não pode mais ser encontrado no site da montadora. A aposentadoria precoce já era esperada, nos últimos tempos o pequeno vinha perdendo versões e despencando nas vendas. 

O última versão do up! foi a Xtreme que, bem à brasileira, eliminou o assento do meio no banco traseiro para atender a nova legislação, vigente desde 1º de janeiro, que exige cinto de três pontos e apoio de cabeça para todos os lugares nos veículos zero quilômetro. 

Volkswagen cross up! TSI 2017.
Volkswagen cross up! TSI 2017.
Volkswagen cross up! TSI 2017.
Volkswagen cross up! TSI 2017. Fotos: Volks.
Volks up! 2021.
Volks up! 2021.
Volks up! 2021.
Volks up! 2021. Fotos: VW.

Lançado em 2014, o up! veio para lançar uma nova categoria, com pouca ênfase no Brasil, a dos supercompactos, ou cities cars como são conhecidos na Europa. Já no ano seguinte, veio outra revolução, o consagrado motor 1.0 turbo, que abriu caminho para toda a reformulação da linha de propulsores da marca. 

Nos dois primeiros anos, ele até vendeu bem, superando a marca de 50 mil unidades. Mas desde então vem despencando nas vendas, principalmente por causa do alto valor pedido pela marca. Ele saiu de quase 60 mil unidades em 2014 para menos de sete mil em 2020. Neste ano, no primeiro trimestre, amargou um 53º lugar com míseros 1.839 emplacamentos.

Um ponto diferente é que o up! é o primeiro modelo da chamada “Nova Volks” a ser aposentado. Mesmo com uma arquitetura moderna, o pequeno não resistiu e acabou saindo de cena antes do interminável Gol que, mesmo super ultrapassado, continua vendendo bem, e do Fox, que está fazendo hora extra faz tempo.