Mais Lidas

Reformulada

GM apresenta nova Trailblazer com novidades visuais e tecnológicas

O SUV de grande porte ganha dianteira diferenciada, frenagem autônoma e wi-fi nativo

acessibilidade:
Chevrolet Trailblazer Premier 2021. Fotos: GM.

No fim de julho, a Chevrolet apresentou a linha 2021 da S10, com mais um facelift na atual geração. Agora, quase um mês depois, a marca da gravata atualiza a “versão fechada” da picape. A Trailblazer chega com novidades visuais, mecânicas e tecnológicas.  

O SUV grande de sete lugares é equipado com o mesmo conjunto mecânico das versões diesel da picape. Em versão única, a topo de linha Premier chega às lojas da marca em setembro por salgados R$ 269.850. Pintura metálica acrescenta R$ 1,8 mil ao valor. 

Em vez da gravata, o nome da merca vai centralizado na grade frontal.

À primeira vista, a linha 2021 da Trailblazer chama a atenção pelo design. Ela adota o mesmo estilo das versões topo de linha da S10. Com isso, a dianteira segue o atual padrão mundial da GM, com a grade toda escura e o nome Chevrolet em alto relevo entre duas barras cromadas. A tradicional gravata dourada foi deslocada do centro para o canto esquerdo.

Além disso, o para-choque também foi redesenhado, que passa a contar com aplique central em cor diferenciada e uma moldura na parte inferior, projetada, segundo a marca, para melhorar a capacidade do veículo de superar obstáculos principalmente em trajetos off-road. 

Agora, as lanternas são de LED.

Os faróis passam a ser em LED, assim como as lanternas, e as luzes de apoio estão em nova posição. As rodas de 18 polegadas foram redesenhadas, com visual mais esportivo graças ao acabamento em grafite. Na traseira, o SUV ganhou função de engate com linha-guia específica e zoom para facilitar a operação de acoplamento. 

Mais tecnológico

Entre outras novidades, conexão sem fio com smartphones.

Uma das grandes atualizações tecnológicas da Trailblazer é na câmera de ré. O item, que já contava com alerta de tráfego cruzado, passa a projetar imagens em alta definição. Além disso, ela permite um acionamento temporário em plena viagem para uma checagem da situação do reboque, quando ativo.

Outra novidade é o sistema wi-fi nativo com conexão para até sete dispositivos. O SUV grande é mais um modelo da marca a receber o recurso que conta com sinal até 12 vezes mais estável que o de um smartphone por utilizar a antena do próprio veículo. 

O interior é exatamente o mesmo.

Além disso, a tecnologia permite que sejam feitas atualizações remotas de sistemas eletrônicos do veículo. Agora, o SUV é capaz de identificar a necessidade de troca de óleo, por exemplo, e enviar um alerta para o WhatsApp do proprietário por meio do novo aplicativo myChevrolet, que permite ligar o ar-condicionado remotamente também. 

A central multimídia também ganhou novidades. O “MyLink” de tela de oito polegadas agora conta com conectividade para smartphones via Android Auto e Apple CarPlay sem fio, ou seja, sem a necessidade de cabos. 

Segurança otimizada

Alerta de ponto cego é apenas um dos itens de segurança.

A linha anterior da Trailblazer já contava com bom nível de equipamentos de segurança. Entre outros, o utilitário vem com seis airbags, alertas de colisão frontal, de saída involuntária de faixa e de ponto cego e controles de estabilidade, tração e de oscilação do trailer.

Juntam-se a eles, na versão 2021, sistema de frenagem autônoma de emergência, que freia o veículo automaticamente ao identificar uma situação de risco envolvendo o veículo à frente ou um pedestre que esteja cruzando a dianteira em velocidade de 8jm/h a 80km/h. O SUV também usa a câmera deste sistema para ajudar o condutor em frenagens de emergência.

Chevrolet Trailblazer Premier 2021.

Completa a lista de equipamentos: sistema de áudio premium, banco do motorista com regulagem elétrica, sensores de chuva, crepuscular e de estacionamento, sistema de controle em declives, auxiliar de partida em rampa, monitoramento da pressão dos pneus. 

Ele ainda vem com ar-condicionado digital com saída para as demais fileiras de bancos, mas com apenas um controle de temperatura, retrovisor interno eletrocrômico e externos rebatíveis eletricamente, direção elétrica e piloto automático. 

Reprogramado

O motor foi com remapeado para diminuir o “turbo lag”.

O conjunto mecânico da Trailblazer é o mesmo das versões diesel da S10, ou seja, um propulsor 2.8 turbodiesel de 200 cavalos e 51kgfm de torque. O sistema ganhou uma nova turbina e o software da central eletrônica foi atualizado para, segundo a marca, deixar as acelerações mais progressivas, reduzindo o efeito turbo lag comum nestes tipos de veículos.

Ainda de acordo com a GM, para a integração da nova turbina, a engenharia trabalhou em uma nova calibração para o motor. O propulsor ainda conta com um inovador sistema que ajuda a reduzir os níveis de ruído e de vibração do veículo e trabalha em conjunto com uma transmissão automática de seis velocidades com opção de trocas manuais e tração 4×4 com opção de reduzida.

Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021.
Chevrolet Trailblazer Premier 2021. Fotos: GM.