Mais Lidas

Marca considerável

Fiat Toro alcança marca de 300 mil unidades produzidas no Brasil

A picape intermediária é fabricada na planta pernambucana de Goiana do grupo ítalo-americano

acessibilidade:
Fiat Toro alcança marca de 300 mil unidades produzidas no Brasil. Foto: Fiat.

Até 2016, a Fiat só tinha produzido picapes compactas, naquele ano, a marca apresentou a Toro, de porte intermediário, abaixo das médias. O sucesso foi instantâneo, com o modelo assumindo o segundo lugar no geral entre as caminhonetes à venda no país. 

Agora, pouco mais de quatro anos do lançamento, a picape alcança a importante marca de 300 mil unidades produzidas no Brasil, mais precisamente na planta de Goiana, em Pernambuco. De lá, ela atende o mercado local e da América Latina, com exportação para países como Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, entre outros. 

“A Toro definitivamente é um veículo que mudou a história da Fiat. É um sucesso instantâneo de vendas desde o início. A aprovação do consumidor é comprovada quando vemos resultados como a marca histórica que alcançamos de 92% de market share no segmento no acumulado deste ano”, destaca Herlander Zola, diretor do brand Fiat.

Apesar de não ter inaugurado o segmento (a Renault apresentou a Oroch meses antes), a Toro revolucionou o mercado de picapes e conquistou o mercado brasileiro.

Uma das inovações da pernambucana é a inédita tampa de abertura lateral. De acordo com a Fiat, o modelo atende desde a utilização familiar para uso urbano e em estradas asfaltadas, como para o trabalho mais pesado, em estradas de terra e fazendas.

Reportar Erro