Mais Lidas

Boas ações

Equipe da UFPA fica em 4º lugar em mundial de empreendedorismo social

O time apoiado pela Ford Fund receberá investimentos para expandir suas ações e continuar inovando

acessibilidade:
Equipe da UFPA fica em 4º lugar em mundial de empreendedorismo social. Foto: Ford.

A equipe da Universidade Federal do Pará (UFPA), de Belém, apoiada pelo Ford Motor Company Fund, braço filantrópico da Ford, fez história ao ficar entre as quatro melhores na Enactus World Cup, competição internacional de empreendedorismo social. 

É a primeira vez que um time brasileiro participa da final e conquista essa classificação. O time da UFPA foi uma das 36 equipes finalistas com o projeto Anamã, um sistema inovador de ecobarreiras para reduzir a poluição por plástico nos rios do Amazonas. 

Além de retirar resíduos dos rios e oceanos, ele também capacita jovens e adultos de comunidades da costa amazônica para a utilização de garrafas PET como matéria-prima, usando tecnologias de baixo custo. Como reconhecimento por essa classificação, o time receberá um investimento financeiro para expandir suas ações e continuar inovando.

“É uma grande alegria saber que a Ford teve um papel fundamental para esse marco inédito para o Brasil no que diz respeito ao empreendedorismo social desenvolvido por jovens universitários. São incentivos como esse que possibilitam a realização de projetos inovadores em benefício do meio ambiente e da sociedade”, diz Roberta Madke, gerente de comunicação corporativa e responsabilidade social da Ford.

O time da UFBA foi um dos quatro apoiados este ano pelo Ford Fund, por meio do Ford College Community Challenge (Ford C3), com uma verba de US$ 5 mil (R$ 26.188) para colaborar no desenvolvimento de seus projetos. O objetivo da competição é incentivar os universitários a criar soluções práticas e inovadoras voltadas a necessidades críticas de suas regiões e contribuir para a construção de comunidades sustentáveis.

Reportar Erro