Mais Lidas

Longe da 'gentalha'

Cônsules no exterior moram caro, em bairros exclusivos, longe dos brasileiros

Cônsul do Brasil tem R$56.856 por mês só para pagar aluguel

acessibilidade:
Cônsul brasileiro em São Francisco tem US$ 13,8 mil mensais para morar muito bem. E bem longe dos brasileiros da cidade. (Foto: Sergio Ruiz)

Os cônsules do Brasil no exterior só escolhem os bairros mais chiques para morar, em especial na Europa e nos Estados Unidos, o que obriga o cidadão brasileiro a bancar aluguéis de valores ofensivos. Cônsul-geral do Brasil em San Francisco, posto de segunda linha, o diplomata Pedro Bório, chapinha da cúpula do Itamaraty, teve o “auxílio moradia” reajustado para US$150 mil (R$618 mil) por ano. Além do salário, o poderoso Bório terá US$13.800 (R$56.856) mensais para o aluguel. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O aluguel de Pedro Bório, no circuito Helena Rubinstein, supera o total de verba enviada à maioria de embaixadas do Brasil na Ásia e África.

O “auxílio-moradia” dos diplomatas era só isso, um auxílio. Mas virou penduricalho. E uma burla ao abate-teto: afinal, “auxílio não é salário”.

Alguns cônsules escolhem endereços exclusivos para ficar o mais longe possível de brasileiros, por considerá-los importunos e vulgares.

A jornada no consulado de San Francisco parece um tédio: das 9h às 11h retiram-se senhas, das 14h às 16 atende-se quem o sustenta.