Ops, erramos

acessibilidade:

O jornalista alagoano Jorge Oliveira resolveu visitar o amigo e conterrâneo Renan Calheiros, então presidente do Senado. O ganhador do Prêmio Esso chegou com dificuldade à residência oficial, na Península dos Ministros, por causa de uma bota de gesso no pé, mas avisou que estava ali para visitar o presidente e foi acomodado na sala. De repente, apareceu Severino Cavalcanti, então presidente da Câmara, com quem conversou por mais de uma hora. Imaginava tratar-se de outro visitante até descobrir, encabulado, que a residência do presidente do Senado era outra, a vizinha.