Mais Lidas

Paraná Pesquisas

Para 63,6% dos brasileiros, polícia acertou ao matar assassino Lázaro Barbosa

Jovens de 16 a 24 anos são a faixa etária que mais concorda com a ação da polícia

acessibilidade:
O copo do bandido já morto, com perfurações de bala, ao chegar no IML de Águas Lindas (GO).

Levantamento exclusivo do Paraná Pesquisas para o Diário do Poder e esta coluna revela que a grande maioria dos brasileiros (63,6%) aprova a ação da polícia que resultou na morte do bandido Lázaro, assassino de toda uma família no interior do Goiás e que passou 20 dias foragido das autoridades. Apenas 28,9% não acham que a polícia agiu de forma adequada ao matar o fugitivo. Já outros 7,4% preferiram não opinar. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Jovens de 16 a 24 anos são a faixa etária que mais concorda com a ação da polícia no caso Lázaro: 67% dizem que foi adequada.

Para 69,1% dos entrevistados, a polícia agiu de forma demorada no caso. E 23,6% acreditam que a polícia foi rápida na resolução do caso.

O Paraná Pesquisa ouviu 2.008 habitantes em 192 municípios, entre 29 de junho e 2 de julho, em entrevistas pessoais telefônicas, sem robôs.