Mais Lidas

Costume impróprio

Além de PECs, Maia engaveta modernização do regimento da Câmara

Em pleno século 21, regimento ainda obriga notificar deputados de convocações de reuniões... “por telegrama”

acessibilidade:
Calendário de votação ainda precisa ser negociado com líderes partidários e com bancadas Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

De olho em burlar a Constituição para tentar se manter no poder, Rodrigo Maia (DEM-RJ) sabotou a comissão que iria modernizar o texto do regimento interno da Câmara. Seria cômico se não fosse trágico: a sabotagem aconteceu justamente pelo descumprimento do regimento, que determina designação dos membros pelo presidente caso os líderes partidários não o façam até 48h após o pedido de criação da comissão. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O deputado JHC (PTB-AL) apresentou o requerimento em 17 de maio de 2017. Maia ignorou as obrigações por dois anos até “matar” a comissão.

Em pleno século 21, a Câmara ainda traz no regimento a obrigação de notificar os deputados de convocações de reuniões… “por telegrama”.

A revisão não é a única pedalada de Rodrigo Maia no regimento interno. Atualmente, há 32 comissões aguardando indicação dos seus membros.

Entre as malandragens de Maia, estão 12 PECs, como as que tratam de renda para famílias pobres e sobre contenção de despesas obrigatórias.