Corrupção e Lavagem de dinheiro

Supremo condena ex-senador Fernando Collor

A definição da pena ainda será discutida pelos ministros

acessibilidade:
O relator do caso, Edson Fachin, propôs uma pena de 33 anos de prisão ao ex-presidente. Foto: Divulgação Redes sociais.

O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta quinta-feira (25) o ex-presidente e ex-senador Fernando Collor (PTB-AL) pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A ministra Rosa Weber ainda não votou, mas adiantou que deverá se juntar aos ministros que votaram pela condenação.

A definição da pena ainda será discutida pelos ministros. O relator do caso, Edson Fachin, propôs uma pena de 33 anos de prisão, além da aplicação de multa, indenização por danos morais, perda de bens relacionados ao crime e proibição do exercício de função pública.

Na semana passada, a Corte formou maioria pela condenação de Collor pelos supostos crimes citados.

 

Reportar Erro