Residência oficial

Sem explicação, Lula dispensa 40 militares do Palácio da Alvorada

Militares foram dispensados após reclamações da primeira-dama

acessibilidade:
Militares foram dispensados do Palácio da Alvorada sem explicação

Foi publicada nesta terça-feira (17), no Diário Oficial da União, a dispensa de 40 militares que trabalhavam na administração do Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República.

A dispensa ocorre dias após a primeira-dama Janja reclamar da condição da mobília palaciana. Em ação pouco usual, Janja levou uma equipe de TV para expor o estado de preservação  dos móveis e do palácio, que antes era ocupado por Jair Bolsonaro e Michelle Bolsonaro.

A dispensa dos militares, apesar de publicada apenas hoje, vale a partir do dia 13 de janeiro. Não foi dada qualquer explicação sobre o motivo da dispensa.