Ministro aposentado

Marco Aurélio isenta Bolsonaro e culpa o STF por atos de vandalismo

Ministro aposentado diz que o STF falhou ao derrubar decisões da Lava Jato

acessibilidade:
Marco Aurélio Mello diz que falhas começaram no STF

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, isentou o ex-presidente Jair Bolsonaro de culpa nos atos de vandalismo que ocorreram neste domingo (08), em Brasília, e responsabilizou o próprio STF pela situação. As falas foram registradas em entrevista ao jornal O Globo.

Marco Aurélio avalia que o STF “falhou” ao derrubar as condenações do presidente Lula na Lava Jato e devolver ao petista os direitos políticos que o permitiram disputar as eleições de 2022.

Sobre o ex-presidente, o magistrado diz que os responsáveis estão em território nacional e que Bolsonaro não tem domínio das forças que estão aqui.

“Ele não tem culpa, está a quantos quilômetros daqui?”, avaliou o ministro aposentado.