Marcos Pollon

Deputado apresenta projeto pela volta do voto impresso

O projeto prevê ainda a apuração dos votos impressos na própria seção eleitoral.

acessibilidade:
Zerésima sendo emitida em urna eletrônica. Botão verde de confirmar é apertado por pessoa com relógio prateado
Deputado quer a volta do voto impresso Foto: Antonio Augusto/Secom TSE/Arquivo

A discussão sobre a volta do voto impresso voltou à Câmara dos Deputados. Marcos Pollon (PL-MS) protocolou o projeto de lei 4644/2023 que estabelece “estabelece o escrutínio de votos na própria seção eleitoral” além da impressão do voto.

No texto, o deputado federal defende que a impressão dos votos pela urna eletrônica e a realização da apuração dos votos impressos na própria seção eleitoral, “são mecanismos de garantia da fidelidade no processo eleitoral”.

Projeto com volta do voto impresso é de autoria do deputado federal Marcos Pollon (PL-RS)

Pela proposta do parlamentar, o eleitor não poderá levar a impressão para fora da sala de votação eleitoral. O voto deve ser conferido e automaticamente depositado em uma urna lacrada na presença de fiscais.

O projeto prevê ainda a apuração dos votos impressos na própria seção eleitoral.

“Isso garantirá a publicidade, a integridade e a confiança dos cidadãos em nosso processo eleitoral, preservando assim a confiabilidade de nossa democracia”, justifica o deputado.

 

Reportar Erro