Quebradeira em Brasília

Defesa de réus chama denúncia por 8 de janeiro de ‘genérica’

STF começa a julgar hoje (13) os quatro primeiros réus pela quebradeira em Brasília

acessibilidade:
Cerca de 118 juízes foram aposentados compulsoriamente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ou por seus respectivos tribunais, desde de 2006. (Foto: CNJ).

Iniciado o julgamento pelos atos de vandalismo na capital federal no dia 8 de janeiro, as defesas dos réus chamaram a denúncia contra os acusados de “genérica” por não atribuir exata participação de cada processado.

Os advogados confirmam que os réus estavam no local da invasão e depredação, mas dizem que não há provas de que houve participação na quebradeira.

A tese da defesa foi refutada pelo subprocurador Carlos Frederico Santos, que disse que os réus respondem “pelo resultado a multidão, a turba, aquele grupo de pessoas que mantiveram um vínculo psicológico na busca de estabelecer um governo deslegitimado e inconstitucional“.

Reportar Erro