Não se intimidou

Musk: Moraes virou ‘ditador’ porque mantém Lula ‘na coleira’

Minutos depois, novo post de Musk somava 2,8 milhões de visualizações

acessibilidade:
Elon Musk, maior acionista do X, ex-Twitter - Foto: redes sociais.

O mega-empresário Elon Musk, acionista majoritário do X, ex-Twitter, voltou a criticar o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes afirmando que ele conseguiu se tornar “ditador do Brasil” porque mantém “na coleira” o presidente Lula (PT).

A provocação de Musk foi publicada em sua conta no X, na noite desta segunda-feira (8), demonstrando não haver se impressionado com a represália de Moraes às suas críticas iniciais, de sábado (6) contra a censura imposta pelo ministro aos brasileiros nas redes sociais.

O novo post de Elon Musk foi publicado nesta segunda-feira (abaixo) e poucos minutos depois, às 22h19 (ou 10h19 PM), já acumulava mais de 2,8 milhões de visualizações.

A polêmica começou quando Musk indagou publicamente a Moraes o porquê de “tanta censura” no Brasil, mas na sequência o empresário foi mais longe afirmando que o ministro “trai a Consttuição e o povo do Brasil”, com seus atos de censura.

Musk garantiu também que promoveria o desbloqueio de contas no X censuradas a mando de Moraes e admitiu que sua rebeldia poderia significar o encerramento das atividades do X no Brasil. Observou que perderia receita, mas “há coisas mais importantes que o lucro”.

Reportar Erro