Descaso

Especialista adverte: incêndios ocorrem em áreas indígenas

Evaristo de Miranda lembra que a responsabilidade é do governo federal

acessibilidade:
Evaristo de Miranda, um dos maiores especialistas brasileiros em meio ambiente e agricultura - Foto: Marcos Oliveira/Senado

Um dos maiores especialistas brasileiros em meio ambiente e agricultura, Evaristo de Miranda, explicou nesta quarta-feira (26) que os incêndios que se multiplicam na região do cerrado e na Amazônia, neste momento, são registrados em reservas indígenas e parques nacionais, todos de responsabilidade do governo federal.

“Nunca antes na história deste País se queimou tanto”, disse Evaristo, durante entrevista ao Jornal Gente, que é transmitido simultaneamente pela Rádio Bandeirantes e a TV BandNews.

O especialista estranhou o silêncio e a falta de iniciativas do governo federal para enfrentar os incêndios em curso, principalmente da ministra Marina Silva (Meio Ambiente). Mais do que na região do Pantanal, onde foram registrados mais de 3.400 focos de incêndio, em áreas do cerrado

Evaristo de Miranda é um dos mais respeitados e qualificados profissionais do ramo. Por 43 anos foi pesquisador da Embrapa, onde implantou e atuou em três Centros Nacionais de Pesquisa. Ele também foi professor do Instituto de Botânica da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP).

Ele foi entrevistado no Jornal Gente pelos jornalistas Sonia Blota, Thays Freiras, Pedro Campos e Cláudio Humberto.