Mais Lidas

Confusão

Servidores brigões são exonerados após tumulto na Câmara em horário de trabalho

Governo demite servidores que brigaram nos arredores da Câmara

acessibilidade:

A exoneração dos funcionários brigões da Câmara Municipal do Rio de Janeiro está publicada no Diário Oficial do Estado. Os servidores da Secretaria de Governo Leandro Carlos de Souza e Maicon Justino perderam os cargos depois de serem presos tumultuando nos arredores da Câmara durante expediente de trabalho. A briga entre militantes políticos era por causa da CPI dos Ônibus.

Na primeira audiência da CPI, nesta quinta-feira (22), grupos pró e contra o vereador Chiquinho Brazão (PMDB) começaram uma confusão. Até mesmo um sapato foi arremessado na direção do vereador Professor Uóston (PMDB), relator da comissão de inquérito. Onze pessoas envolvidas na confusão foram detidas e liberadas após prestarem depoimento na 5ª DP (Mem de Sá). Os casos serão encaminhados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).