Abraço de afogados

Paraná Pesquisas associa queda de Boulos à de Lula

Nunes se manteve na casa dos 34% e Boulos caiu de 33,4% para 30,6%

acessibilidade:
Lula e Guilherme Boulos, candidato de extrema-esquerda à prefeitura de São Paulo - Foto: redes sociais.

A ampliação da vantagem do prefeito Ricardo Nunes (MDB) em relação ao adversário de extrema-esquerda Guilherme Boulos (Psol) pode ser reflexo, na cidade de São Paulo, da queda na aprovação do governo Lula (PT), segundo avaliação do presidente do instituto Paraná Pesquisas, durante entrevista nesta terça-feira (19) ao Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes e TV BandNews.

O levantamento mostrou que o desempenho de Ricardo Nunes não se alterou muito em relação à pesquisa anterior, divulgada em fevereiro, quando o cenário mais provável atribuiu a ele 34,7% nas intenções de voto. Na pesquisa divulgada nesta terça, Nunes registra 34,3%, mas seu adversário de extrema-esquerda caiu de 33,4% no mês passado para os atuais 30,6%.

A queda na intenção de votos em Boulos coincide com o declínio vertiginoso na avaliação de desempenho do governo Lula, mostrando que a “irritação” de Lula em razão dessas pesquisas revelam seu temor com o desempenho eleitoral do seu grupo na campanha municipal deste ano.

Fazer seu candidato vencer em São Paulo significaria passo fundamental para Lula minar a força eleitoral do governador Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), que apresenta índices de aprovação mais expressivos que o presidente: 59,1% a 53,6%.

Em relação a meses anteriores, Nunes se mantém e Boulos cai:

Reportar Erro