Mais Lidas

Datafolha

Russomano lidera disputa por Prefeitura de SP com 29%; Covas tem 20%

Em terceiro aparecem tecnicamente empatados Guilherme Boulos (PSOL) e o ex-governador Márcio França (PSB)

acessibilidade:
Celso Russomanno (Republicanos-SP). Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 24, mostra o deputado federal Celso Russomanno (Republicanos) na liderança da disputa pela prefeitura de São Paulo com 29% das intenções de voto. Em seguida, aparece o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), com 20%.

Filiado a um partido que é braço da Igreja Universal do Reino de Deus, o melhor desempenho de Russomano é entre as donas de casa (41%), mais pobres (36%) e evangélicos (37). Covas, no entanto, pontua mais entre pessoas maiores de 60 anos (28%) e moradores do centro de São Paulo (29%).

Em terceiro aparecem tecnicamente empatados Guilherme Boulos (PSOL) e o ex-governador Márcio França (PSB), com 9% e 8%, respectivamente. O total de intenções de voto em branco ou nulo chama atenção no primeiro levantamento do instituto: 17%. Outros 4% não souberam responder.

Nove candidatos estão embolados na rabeira da disputa. Com 2% estão Jilmar Tatto (PT), Andrea Matarazzo (PSD), Arthur do Val (Patriota) e Vera Lúcia (PSTU).

Com 1% vêm Joice Hasselmann (PSL), Levy Fidelix (PRTB), Marina Helou (Rede), Orlando Silva (PC do B) e Filipe Sabará (Novo) —esse último teve a campanha a prefeito suspensa temporariamente pelo partido. Antônio Carlos Silva (PCO) não pontuou.

Na pesquisa espontânea, o prefeito Covas tem 8%, em empate técnico com Russomanno (5%) e Boulos (5%).

Foram ouvidos presencialmente 1.092 eleitores nos dias 21 e 22 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela Folha de São Paulo e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo sob o número 06594/2020.