Mais Lidas

De olho em 2022

Rui Palmeira reforça o PSD em Alagoas com apoio de Marx Beltrão

Ex-prefeito de Maceió deixou o PSDB em 2020, e tentará vaga na Câmara dos Deputados em 2022

acessibilidade:
Ex-prefeito de Maceió Rui Palmeira é novo reforço do PSD presidido pelo deputado Marx Beltrão em Alagoas. Foto: Divulgação

Dez meses depois de deixar a Prefeitura de Maceió, dando fim a uma sequência de quatro mandatos durante os primeiros 13 anos de sua vida pública, iniciada em 2007 pela atuação crítica aos escândalos da Operação Taturana na Assembleia Legislativa, o ex-tucano Rui Palmeira reforça o PSD, com o apoio do deputado federal e presidente do partido em Alagoas, Marx Beltrão (PSD-AL).

A união de esforços de Rui com o ex-ministro do Turismo do ex-presidente Michel Temer (MDB) visa a eleição de três deputados federais e cinco deputados estaduais nas eleições de 2022, quando o ex-prefeito da capital alagoana deve tentar seu retorno à Câmara dos Deputados, onde atuou entre 2011 e 2012.

Segundo a assessoria de imprensa  aliança entre duas das maiores forças políticas alagoanas foi celebrada presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab. E, apesar da “fofocada política” condenada por Marx Beltrão, este segue na presidência do PSD em Alagoas, em comum acordo com o ex-tucano.

“Estou muito feliz na chegada de um dos melhores políticos de Alagoas aqui no nosso PSD. Rui Palmeira e eu vamos construir um caminho de fortalecimento do partido em Alagoas e no Brasil. Nossa parceria será voltada para os interesses do povo alagoano. Para acabar com a fofocada política, continuo presidente do partido no Estado e junto com Rui, construiremos um projeto partidário para as eleições de 2022”, escreveu Marx, ao anunciar as alianças nas redes sociais.

Rui Palmeira celebrou seu ingresso no PSD afirmando que sempre devotou seus esforços em favor de dias melhores para o povo de Alagoas. “A união com o PSD e com Marx Beltrão sela este compromisso em trabalhar cada vez mais em benefício da gente alagoana, seja da capital, seja do interior”, comentou o ex-prefeito de Maceió, por meio da assessoria de Marx Beltrão.

Após deixar o PSDB em 2020, Rui Palmeira aliou-se ao governador Renan Filho (MDB) nas últimas eleições de 2020 na capital alagoana, para apoiar o candidato emedebista Alfredo Gaspar, que perdeu no segundo turno do pleito para o rival de Rui, o atual prefeito João Henrique Caldas, o “JHC” (PSB).

O ingresso de Rui Palmeira no PSD não altera os anseios eleitorais de Marx Beltrão, que se firma como candidato à reeleição a deputado federal, assim como o novo integrante do partido. E o PSD aposta que sua nova musculatura partidária reforçará sua representatividade na Assembleia Legislativa de Alagoas, bem como dará maior peso na configuração das chapas majoritárias para a sucessão de Renan Filho e a disputa pela vaga do ex-presidente Fernando Collor (PROS-AL), que busca reeleição para o Senado.