Mais Lidas

Percorrerá o estado

Rodrigo Cunha se afasta do Senado para disputar o governo de Alagoas

Senador abre vaga para suplente Eudócia Caldas, mãe de seu aliado JHC, prefeito de Maceió

acessibilidade:
Senador Rodrigo Cunha se licenciou para se dedicar à disputa pelo governo de Alagoas. Foto: Divulgação/Facebook

Para se dedicar à disputa eleitoral pelo cargo de governador de Alagoas, o senador Rodrigo Cunha (União-AL) se afasta do mandato nesta terça-feira (24). A licença do senador abre espaço para a médica Eudócia Caldas (PSB-AL), mãe do prefeito de Maceió e líder do PSB de Alagoas, João Henrique Caldas, o “JHC”, principal aliado do pré-candidato à sucessão ao Palácio República dos Palmares.

A licença de Rodrigo Cunha visa direcionar totalmente sua agenda para a pré-campanha eleitoral, que prevê encontros com aliados e eleitores nos 102 municípios de Alagoas. Na pauta, estão a exposição de projetos e a construção de um programa de governo com a contribuição dos alagoanos.

“Vamos intensificar as visitas aos 102 municípios, ouvir ainda mais a população, dialogar muito mais e mostrar que temos projeto, propostas e trabalho para fazer Alagoas avançar. O momento é de semear um novo tempo, uma nova forma de fazer e de realizar melhorias por nossa gente. Minha licença também é um gesto de respeito para com o mandato de senador conferido pelos alagoanos, uma vez que com minha pré-candidatura direcionarei integralmente minha atenção, meu esforço e meu suor, presencialmente, a cada canto de nosso estado”, justificou Rodrigo Cunha.

Início de agenda

O primeiro grande evento da pré-campanha deve ocorrer no próximo sábado (28), em Maceió. E promete reunir lideranças e correligionários de todo o estado de Alagoas.

“Vamos ainda divulgar horário e local deste encontro. Queremos neste dia marcar nossa luta em defesa de Alagoas, da democracia e da garantia de um futuro melhor para os alagoanos e alagoanas. Queremos ampliar o que já estamos fazendo desde sempre, que é abraçar nosso povo mostrando ideias, colhendo subsídios e nos preparando para muito trabalho em prol de nosso estado”, antecipou Rodrigo Cunha.

Alianças contra os Calheiros

Para viabilizar alianças, e garantir o apoio do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), o senador deixou o PSDB e ingressou no União Brasil, sem deixar de ter o apoio dos tucanos, garantindo como vice de sua chapa a deputada estadual Jó Pereira (PSDB-AL).

O grupo de Rodrigo Cunha e Lira faz oposição ao ex-governador Renan Filho, que renunciou em abril para concorrer ao mandato de senador pelo MDB. E a chapa encabeçada pelo União Brasil terá como candidato a senador o deputado estadual Davi Davino Filho, do PP de Arthur Lira.

Na próxima semana, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) também deve se licenciar do mandato, por 120 dias, para coordenar a campanha eleitoral do MDB, pela eleição de Renan Filho ao Senado e a reeleição do governador-tampão Paulo Dantas.

Reportar Erro