Mais Lidas

Solitária nele

Vistoria em cela de Cabral encontra dinheiro em valor acima do permitido

Como punição, ex-governador ficará na solitária por dez dias

acessibilidade:
Pela 23ª vez, Justiça aceita uma denúncia contra o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (foto: Agência Brasil)

O ex-governador do Estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral foi flagrado com uma quantidade de dinheiro acima do permitido nas celas, durante uma vistoria realizada pela Corregedoria da Seap no Presídio Pedrolino Werling de Oliveira, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.

Como punição, determinada pela Secretaria de Administração Penitenciária nesta terça-feira, 9, Cabral vai para a solitária por dez dias.

Ele vai responder ainda à uma comissão técnica pela falta.

A Seap não afirmou qual era o valor que estava com os presos, mas esclareceu que o montante máximo que é possível ser mantido por detentos é de 10% do salário mínimo (R$ 95,40).

Essa não é a primeira punição de Cabral. Em novembro do ano passado, o Ministério Público encontrou camarão, queijo de cabra e bacalhau, entre outros produtos, nas celas onde estavam detidos presos da Lava Jato no Rio. Em decorrência das regalias, ele chegou a ser transferido do presídio de Benfica para o do Paraná.

Em julho, Cabral também, foi mandado para a solitária, após se recusar a ficar de cabeça baixa e olhando para frente, durante uma inspeção em sua cela.

Reportar Erro