Mais Lidas

Rejeição de 73% a Crivella

Eduardo Paes lidera briga pela Prefeitura do Rio, com dobro do desempenho dos rivais

Paraná Pesquisas registra que ex-prefeito Eduardo Paes tem 29,5% da preferência do eleitor carioca

acessibilidade:
Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM). Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) lidera a disputa pelo comando da Prefeitura do Rio de Janeiro, com mais que o dobro do desempenho de seus principais adversários. Segundo os números divulgados nesta sexta-feira (20) pela Paraná Pesquisas, Paes obteve de 27,9% a 29,5% da preferência dos eleitores consultados na modalidade estimulada da pesquisa.

Enquanto o ex-prefeito carioca lidera com folga, o prefeito Marcelo Crivella (PRB) aparece empatado tecnicamente com o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL), a quem venceu no segundo turno das eleições de 2016.

Além disso, Crivella tem sua administração reprovada por 74% dos cariocas, com 64,6% considerando sua gestão ruim ou péssima. O prefeito ainda registra a maior rejeição, com 73,2% dos eleitores pesquisados dizendo que não votaria em sua reeleição de jeito nenhum.

Nos primeiro cenário em da pesquisa em que foram apresentadas 13 opções de votos ao eleitor, Paes lidera com diferença de 14,5 pontos percentuais para o segundo colocado Marcelo Freixo, que obteve 13,4% das intenções de votos dos cariocas. O pré-candidato à reeleição Marcelo Crivella pontou 12,3%, seguido da deputada estadual Delegada Martha Rocha (PDT), com 10,1%, e de mais nove pré-candidatos que pontuam abaixo dos 4,3 pontos percentuais.

No segundo cenário da pesquisa estimulada, o desempenho de Eduardo Paes cresce para 29,5% da preferência do eleitorado, quando são oferecidas oito nomes para escolha dos cariocas. E Marcelo Freixo pontua 14,5%, seguido de Crivella, com 13,1%, e Martha Rocha, com 12%, e de outros quatro pré-candidatos com desempenho abaixo dos 4,3%.

No primeiro contato com os eleitores pesquisados, quando não foram apresentadas opções de votos, Eduardo Paes também lidera com o dobro do desempenho dos adversários, pontuando 6,3% da declaração espontânea de votos dos cariocas. Enquanto Crivella obteve 3% e Freixo 2,5%. Outros pré-candidatos foram citados por menos de 0,4% dos eleitores, cuja maioria, absoluta demonstrou desinteresse na disputa, com 72,4% respondendo que não sabe em quem votar e 13,7% dizendo que não votará em ninguém.

A menor rejeição, de 36,2% é da Delegada Martha Rocha, enquanto Eduardo Paes lidera em termos de potencial eleitoral, com o maior percentual de eleitores que disseram ter certeza de que lhe daria o voto para prefeito do Rio, de 16,4%.

Veja o que dizem os eleitores sobre o potencial de votos dos pré-candidatos a prefeito do Rio:

A Paraná Pesquisas consultou 910 eleitores entre os dias  dias 14 a 19 de março de 2020. A pesquisa com grau de confiança de 95% tem margem de erro de aproximadamente 3,5%. E está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº RJ 02928 2020.