Mais Lidas

vagas disponíveis

Cidade do Rio de Janeiro tem 93% dos leitos em UTI ocupados

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, não há filas para atendimento da rede do SUS

acessibilidade:
Balcão com mulher sentada ao fundo e placa do SUS à frente
Medicamentos também poderão ser fornecidos a pacientes com prescrição de médico particular. Foto: Agência Brasil

A capital do Rio de Janeiro confirmou, por meio de sua prefeitura, que 93% dos leitos de UTI na rede pública de saúde já estão ocupados. A demanda por leitos permanece inferior à oferta de vagas, segundo dados das unidades de saúde municipais, estaduais e federais do estado carioca.

De acordo com o secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, apesar do efetivo de leitos disponíveis, novas medidas de restrição podem ser adotadas se as pessoas mantiverem postura pouco diligente em relação aos cuidados preventivos. O responsável pela pasta também informou que não existem filas de espera para atendimento no SUS.

Ainda que existam vagas, uma parcela dos leitos na capital fluminense foi disponibilizada para a transferência de pacientes de Manaus e, por decisão da Prefeitura do Rio, pacientes mantém o tratamento contra a Covid nas Unidades de Terapia Intensiva por um período maior até que sejam encaminhados às enfermarias.