Mais Lidas

Surto do coronavírus

Rio de Janeiro teme onda de saques após surto do coronavírus

Na Rua da Lavradio, em frente ao TRT do Rio, teve até tiro para acalmar os ânimos

acessibilidade:
Momento em que um grupo de moradores de rua atacam um homem, no Rio de Janeiro. Foto: Diário do Poder

O Rio de Janeiro vive dias tensão após as medidas do governo local para tentar conter o avanço do coronavírus na capital do Rio de Janeiro.

No centro da cidade as ruas estão desertas e moradores de rua não têm a quem pedir esmola e nem comércio para pedir ou comprar comida. “É uma cena de Walking Dead”, relatou uma testemunha ao Diário do Poder. “O que passa eles avançam”, disse.

No vídeo feito pela testemunha observa-se um grupo de pessoas na Rua do Lavradio, em frente ao Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, avançando num pedestre, que é atacado pelo grupo. Momentos depois, dois tiros são disparados e a pequena horda de gente se dispersa.

Coronavírus no Rio

A Secretaria de Saúde do estado do Rio divulgou, na tarde desta quinta-feira (19), que a cidade tinha 66 casos confirmados do Covid-19. São 56 casos no Rio de Janeiro, 7 em Niterói, 1 em Barra Mansa, 1 em Guapimirim e 1 em Miguel Pereira.