Agora é dívida

Promessa de ACM Neto não sai do papel em Salvador

Prefeito de Salvador agora adiou para 2014 inauguração das subprefeituras

acessibilidade:

Promessa de campanha do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), os 450 serviços nas subprefeituras da capital baiana não saíram do papel. A prefeitura prometeu, em fevereiro, que pelo menos quatro unidades estariam funcionando até junho deste ano, e até agora, nada.

O único órgão que atende diretamente à população é o Itapuã-Ipitanga, com menos de 20 serviços oferecidos. As subprefeituras Subúrbio-Ilhas e Cajazeiras ainda não têm sede e as da Cidade Baixa e Centro-Brotas funcionam em instalações provisórias, sem atendimento no local. Com a demora, a prefeitura esticou novamente os prazos e a previsão é que as cinco unidades atendam até janeiro de 2014.

Segundo o coordenador de descentralização da gestão municipal, Reinaldo Braga, o problema está na demora de elaboração do projeto de licitação para as reformas nos prédios. O secretário de Gestão, Alexandre Paupério, anuncia que até a próxima sexta (2) o edital seja lançado. As subprefeituras de Valéria, Pau da Lima, Cabula, Liberdade e Orla ainda não tem prazo para começar a operar.

Com informações do jornal A Tarde.