Mais Lidas

ANO ELEITORAL FESTIVO

Prefeito de Maceió garante R$ 3,5 milhões para shows, em 2018

Maceió Verão e São João são garantidos via licitação publica

acessibilidade:

Ao contrário de 2017, quando o prefeito Rui Palmeira (PSDB) encarou o desgaste político de não realizar grandes festivais culturais que marcaram seu primeiro mandato, o ano eleitoral de 2018 já tem garantidos R$ 3,5 milhões para o festival Maceió Verão e o São João. O edital para a licitação de empresa especializada nos eventos de grande porte foi publicado pela Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), na edição desta sexta-feira (27) do Diário Oficial do Município.

O presidente da FMAC, Vinícius Palmeira afirma que o prefeito cotado para disputar o Governo de Alagoas pretende desonerar os cofres públicos, com a implantação de um novo modelo na contratação da estrutura para realizar as festas, que sempre contaram com apresentações de grandes atrações musicais nacionais e locais. E após a licitação, a Prefeitura de Maceió disponibilizará uma cota de R$ 1,5 milhão, para a execução do Maceió Verão, e outra de R$ 2 milhões, para a execução do São João 2018.

Titular da FMAC explica meta de desonerar shows (Foto: Secom Maceió)“Possibilitaremos que empresas com experiência nesse tipo de mercado disputem a concessão do espaço urbano do estacionamento do Jaraguá para a montagem dessas estruturas. A partir dessa licitação, o Município passa a ser um cotista e não o patrocinador integral ou majoritário, como vinha acontecendo até então. Dessa forma, queremos trabalhar a desoneração da Prefeitura para esse tipo de investimento, viabilizando com o executor a realização desses grandes eventos”, explicou Vinícius Palmeira.

A empresa selecionada ficará responsável pela administração da estrutura física, a qual compreende palco, som, iluminação, camarotes, áreas reservadas e um espaço de livre acesso com capacidade para 30 mil pessoas, além da produção executiva dos eventos.

A prefeitura já utilizava empresa licitada para contratar a estrutura dos shows. Mas, na última edição do Maceió Verão, em janeiro de 2016, fortes chuvas que evidenciaram falhas na estrutura do palco, que cedeu e impediu a apresentação do cantor Ney Matogrosso. 

GRATUIDADE GARANTIDA

Segundo o titular da Cultura em Maceió, a crise e econômica nacional e os danos causados pelas fortes chuvas que atingiram a capital alagoana no inverno deste ano motivaram a aposta no novo formato. Mas garante que os eventos continuarão sendo oficiais, gratuitos e com participação de artistas alagoanos.

“É muito mais difícil para o Município, nesse momento, bancar eventos desse porte de forma majoritária, por isso, apostamos nesse novo formato e na experiência dessas empresas com a captação de recursos privados e operacionalização de grandes eventos”, disse o presidente da FMAC.

O prefeito Rui Palmeira deve assumir a Presidência do PSDB, em novembro, para coordenar a articulação de sua candidatura a governador, em 2018, contra a reeleição de Renan Filho (PMDB). Em junho, quando o prefeito tucano anunciou o cancelamento do São João, por causa dos prejuízos das chuvas que mataram sete soterrados, o governador peemedebista anunciou o investimento de R$ 1,2 milhão na festa junina da capital alagoana. (Com informações da Secom Maceió)