Mais Lidas

Invasão de terminal de carga

PF prende em Alagoas suspeito de roubar 718,9 kg de ouro em Guarulhos

Ocorreu em Anadia, a prisão do suspeito da ação ousada que roubou usando falsas viaturas da PF

acessibilidade:
Colete que dava acesso a terminal de carga do Aeroporto de Guarulhos foi apreendido pela PF com preso por roubo de 700 kg de ouro. Foto: Ascom PF em Alagoas/Reprodução

A Polícia Federal prendeu, na manhã desta quarta-feira (08), um dos criminosos mais procurados da Justiça Paulista e que responde por dois crimes de tráfico internacional de entorpecentes e, também, é suspeito de participação no roubo de 718,9 kg de ouro estimados em R$ 110 milhões, do terminal de cargas do Aeroporto Internacional André Franco Montoro, em Guarulhos (SP), em julho de 2019. O preso foi encontrado na zona rural de Anadia, no interior de Alagoas.

Em ação conjunta com o Núcleo de Gestão da Informação (NGI) do Ministério Público de Alagoas (MPAL) e com o BOPE da Polícia Militar de Alagoas, a PF cumpriu duas ordens judiciais, sendo um mandado busca e apreensão expedido pela 17ª Vara Criminal de Maceió, e dois mandados de prisão preventiva expedidos pela 2a Vara Federal de Guarulhos/SP, no Povoado Tapera, Zona Rural de Anadia (AL).

O preso ordenava malas nas esteiras do Aeroporto de Guarulhos como auxiliar de rampa por uma empresa especializada em serviços de apoio ao transporte aéreo e tinha credencial de acesso ao aeroporto válida até 31 de dezembro de 2021. Um colete com esta informação foi apreendido junto ao preso, e era usado para os serviços prestados na linha acomodação de bagagens no Aeroporto de Guarulhos.

Após serem cumpridos os mandados judiciais e informada a captura, o preso foi submetido a exame de corpo de delito e encaminhado para o Presídio do Agreste em Girau do Ponciano (AL), onde permanecerá à disposição de Justiça.

Ousadia

A ação criminosa, na tarde de 25 de julho de 2019, teve a participação de um grupo de oito homens fortemente armados, que utilizaram duas falsas viaturas da Polícia Federal, para facilitar a invasão do terminal de carga para roubar o ouro que embarcava no Aeroporto de Guarulhos com destino a Nova York, nos Estados Unidos; e Toronto, no Canadá. (Com informações da Comunicação Social  da PF em Alagoas)