Mais Lidas

Operação Estoque Zero

PF investiga desvio de verba destinada ao combate da pandemia no Maranhão

Secretaria Municipal de Saúde de Pinheiro fechou contrato com empresa de fachada no Piauí

acessibilidade:
Polícia Federal investiga desvio de verba em contratos do DNIT em Minas Gerais. Foto: Flickr/Reprodução

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (2), a Operação Estoque Zero para desarticular grupo criminoso responsável por fraudar contratos e desviar verbas destinadas à área da Saúde no estado do Maranhão e Piauí.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, quatro de constrição patrimonial e um de suspensão de exercício de função pública no município de Pinheiros, Maranhão, e na capital piauiense, Teresina. As ordens judiciais foram expedidas pela 1ª Vara Federal de São Luís.

De acordo com as investigações, a Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento de Pinheiro adquiriu 6 mil testes rápidos para a detecção da Covid-19 com uma empresa de fachada em Teresina que não entregou os itens contratados. O prejuízo aos cofres públicos nesta operação foi de R$ 960 mil.