Mais Lidas

Novos trens e estações

Para presidente do Metrô, ampliação é "fundamental"

Serão comprados 10 novos trens e construídas novas estações

acessibilidade:

O PL do Executivo, que permite contratar a operação de empréstimo junto à Caixa Econômica Federal , foi aprovado em primeiro e segundo turnos nesta terça-feira (5) na Câmara Legislativa. O valor e de R$ 737,1 milhões e será utilizado para a compra de 10 novos trens para o Metrô-DF e para a construção de três novas estações na  104, 106 e 110 Sul.

Para o presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado, a aprovação do PL foi uma “data histórica”. “Pensaram na população”, afirmou. Segundo o presidente, os projetos de ampliação da linha do metrô são fundamentais para melhorar a mobilidade. “Serão 10 trens com quatro vagões cada um. O intervalo entre eles cairá pela metade, entre um minuto e meio, dois minutos. A previsão é com a expansão do Metrô e as obras, atenderemos mais de 200 mil usuários”, avaliou.

Segundo Dourado, o projeto deve ser lançado no fim de junho. “O contrato, R$ 560 milhões, para a contratação do projeto e obras das duas estações em Ceilândia, duas em Samambaia e início das obras na Asa Norte já está garantido”, afirmou o presidente.

Para garantir um melhor atendimento à população, além da expansão do horário de funcionamento, o Metrô pretende contratar os concursados de 2013. “Estamos esperando o sinal verde do GDF para começar a contratação. Queremos essa expansão no segundo semestre deste ano”, completou.

Reportar Erro