Mais Lidas

maior proteção

OMS recomenda terceira dose de CoronaVac a idosos

Além da CoronaVac, a Sinopharm também deve ser administrada em três doses para o grupo

acessibilidade:
Idosos devem receber terceira dose de CoronaVac e Sinopharm, diz OMS. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou, nesta segunda-feira (11), que as vacinas CoronaVac e Sinopharm devem aderir uma dose terceira dose à campanha de imunização de pessoas com 60 anos ou mais.

De acordo com a OMS, a medida atende a estudos realizados na América Latina que mostram que os dois imunizantes podem perder o grau de eficácia com o passar do tempo.

A recomendação aponta que uma dose de reforço deva ser aplicada entre um e três meses após o esquema vacinal tradicional de duas doses.

A orientação do Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas (Sage) também inclui pessoas com alto grau de imunossupressão à regra de três doses, neste caso, de vacinas de qualquer marca.

 

Vídeos Relacionados