Mais Lidas

Alerta em Minas

Governo federal reconhece emergência em Belo Horizonte e Contagem, após temporais

Bolsonaro orientou Defesa Civil Nacional a prestar todo o apoio necessário às localidades afetadas

acessibilidade:

O Ministério do Desenvolvimento Regional reconheceu, de forma sumária (sem a necessidade de pedido das prefeituras), a situação de emergência em Belo Horizonte e em Contagem, na região metropolitana da capital mineira, por conta de chuvas intensas e inundações, respectivamente. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (23).

Com o reconhecimento da situação de emergência, os municípios poderão ter acesso a recursos federais para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços e reconstrução de estruturas públicas danificadas.

Segundo o ministério, desde segunda-feira (20), o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, participa de reuniões para auxiliar no planejamento de ações contra as chuvas.

“Recebemos do presidente Jair Bolsonaro a orientação de prestar todo o apoio necessário às localidades afetadas. É a presença da Defesa Civil Nacional, com toda a sua experiência, para que possamos garantir o auxílio a esses municípios e atender, principalmente, a população”, disse, em nota, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

Após o reconhecimento federal, os municípios devem elaborar um plano de trabalho e encaminhar à pasta do Desenvolvimento Regional para que as equipes da Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) avaliem as necessidades e o volume de recursos para o atendimento das demandas.

Os municípios estão em estado de alerta para as fortes chuvas previstas para a Região Metropolitana nesta quinta (22) e amanhã (23). Por isso, o prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD), transferiu seu gabinete para o Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte. E montou uma força tarefa com todas suas secretarias e órgãos além do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Gasmig com o objetivo de monitorar a evolução climática na cidade e atuar em casos de emergência.

A Defesa Civil pede atenção da população para evitar os 46 pontos sujeitos a inundação e alagamento em Contagem. Saiba mais aqui. (Com informações da Agência Brasil e do G1)