Era da esperteza

Na prática, Lula tira dos pobres e dá aos ricos, diz deputado

José Medeiros (PL-MT) compara 'o Lula que promete e o Lula que é'.

acessibilidade:
Dep. José Medeiros (PL - MT) (Foto: Agência Medeiros)

Em entrevista ao Diário do Poder, o deputado José Medeiros (PL-MT) apontou incoerência do governo Lula por manobrar pela compra de arroz importado. Para o parlamentar, a medida anunciada pelo governo federal demonstra que ‘alguma coisa fora de lógica’ está ocorrendo. Ele acrescenta: “a gente não sabe se tem gente ganhando comissão do arroz, se é coisa mais sofisticada. Ou se é só burrice mesmo”. Para o parlamentar, o fato do governo contrariar produtores brasileiros mesmo com a crise econômica atual demonstra que o discurso populista de Lula é ‘engodo’ e que ele ‘tira dos pobres e dá para os ricos’.

“Porque veja bem, se ele tirasse o imposto desse arroz lá para o Sul, ele ia deixar, obviamente, de arrecadar um pouco, mas ia ajudar, inclusive. Mas não, ao invés de fazer isso, ele pega um dinheiro novo, pega um dinheiro do caixa pra comprar, pra ajudar a lascar com esses produtores, não faz sentido nenhum”, explicou o deputado.

E acrescentou: “O Lula se vende o cara da teologia da libertação. Ou seja, ele diz que fez a opção pelos pobres. Esse é o Lula que se propõe a ser. Agora, o Lula que é, é o Lula que pega dinheiro do BNDES, que o dinheiro daquele banco é composto por fundos de combate à pobreza […], fundos tirados dos pobres e passa para os ricos. Para Odebrecht, para a JBS, para as empresas campeãs. Que são os ricos. Então o Lula, na prática, Lula é o cara que tira dos pobres e dá para os ricos. Esse é o Lula na prática”.