Por nossa conta

‘GilmarPalooza’ atrai autoridades que viajam a Lisboa com dinheiro público

sRevoada inclui autoridades dos Três Podres, usando recursos público

acessibilidade:
Ministro do STF, Gilmar Mendes. (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado).

Ministros de Lula se somam à lista de convidados do evento promovido por uma empresa ligada ao ministro Gilmar Mendes, em Lisboa, capital portuguesa, a pretexto de discutir problemas brasileiros fora do Brasil.

A exprressão “”Gilmapalooza remete ao conhecido festival de música alternativa. Além de personagens do mundo jurídico,

Os organizadores recebem autoridades dos três poderes, incluindo quase toda composição do Supremo Tribunal Federal e os presidentes da Câmara e do Senado. A viagem, custeada com recursos públicos, foi estimada em R$1,5 milhão em gastos de passagens e cerca dee R$500 mil com diárias.

Viajaram a Lisboa por conta dos pagadores de impostos, no governo Lula, nomes da Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, do Advogado Geral da União, Jorge Messias,  do Ministro da Controladoria Geral da União, Vinícius Carvalho e da Ciência e Tecnologia, Luciana Barbosa.