Mais Lidas

Prévias do PSDB

Leite cita ‘incentivo’ de fora nas prévias do PSDB, mas omite apoio de Aécio

Governador não menciona seu principal padrinho nas prévias do dia 21

acessibilidade:
Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini.

O pré-candidato a presidente Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, agora faz declarações se vangloriado de haver recebido o incentivo de políticos de outros partidos, que, aliás, não votarão nas prévias do PSDB marcadas para o próximo dia 21.

Mas, curiosamente, tem escondido o apoio do seu padrinho e maior incentivador, deputado Aécio Neves (MG), que coordena sua pré-campanha interna no partido. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O incentivo de fora do PSDB parece uma jogada esperta para afagar o ego do governador gaúcho pretendendo tê-lo como vice, em 2022.

Os aliados do governador de São Paulo, João Doria, tripudiam sobre o estímulo externo à pré-candidatura de Leite.

Os adeptos de Doria têm dito que os apoiadores de Leite, inclusive tucanos, têm algo em comum: não querem que o PSDB tenha candidato.

Em recente entrevista a Dora Kramer, da revista Veja, Leite disse que tem recebido apoio, por exemplo, do ex-prefeito de Salvador ACM Neto, secretário geral do Aliança Brasil, partido produto da fusão do DEM com o PSL, e do ex-ministro Gilberto Kassab, presidente do PSD.