Mais Lidas

Eleições

Kalil lidera intenção de votos em Belo Horizonte com larga vantagem

Mais de 20 pontos percentuais separam o atual prefeito dos demais candidatos

acessibilidade:
Foto: Prefeitura de Belo Horizonte/Flickr/Reprodução

O atual prefeito da capital mineira, Alexandre Kalil (PSD), é o nome mais forte nas eleições para a prefeitura de Belo Horizonte. A reeleição estaria garantida em primeiro turno, caso as votações ocorressem hoje. Isto é o que aponta o levantamento da Paraná Pesquisas, realizado na última semana.

Kalil é a escolha de 26,7% dos entrevistados na pesquisa espontânea, cifra que o coloca em confortável posição sobre os demais concorrentes. Em segundo lugar, aparece a deputada federal Áurea Carolina (PSOL) com 1,5% de preferência. Na sequência, o terceiro colocado é deputado estadual João Vítor Xavier (Cidadania) com 0,6% de votos. Nesta modalidade de entrevista, os nomes dos candidatos não são mencionados.

O prefeito também se destaca na pesquisa espontânea com outros 13 nomes. Em um primeiro cenário, Kalil tem o favoritismo de 55,9% dos entrevistados, seguido pelos parlamentares João Vítor Xavier com 6,5% e Áurea Carolina com 4,1%, ocupando o segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Em um segundo cenário apresentado pela pesquisa, Alexandre Kalil receberia os votos de 56,5% dos ouvidos. O ranking se mantém com os mesmos três candidatos, em segundo lugar, João Vítor Xavier (6,7%) e Áurea Carolina (4,4%).

Apesar da predileção à reeleição para a Prefeitura de Belo Horizonte, muitos mineiros ainda seguem indecisos. Na pesquisa espontânea, 59,8% dos entrevistados afirmaram não saber em quem votar e outros 9,5% disseram não votar em ninguém.

A dúvida dos eleitores mineiros reduz bastante na pesquisa estimulada, apresentados os nomes dos candidatos. No primeiro cenário, 21,2% disseram não saber ou não ter escolha; o segundo cenário aponta que indecisos e indiferentes somam 21,7% dos entrevistados.

A Paraná Pesquisas ouviu 820 eleitores de Belo Horizonte, entre os dias 22 e 25 de julho e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº MG- 03074/2020. Estima-se margem de erro de 3,5 percentuais para mais ou para menos.