Mais Lidas

Parados por 48 horas

Justiça declara ilegal paralisação da Polícia Civil

Sindicato diz que não foi notificado e paralisação continua

acessibilidade:

O desembargador Sebastião Coelho, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, declarou, em caráter liminar, ilegal a paralisação de 48 horas da Polícia Civil do DF, aprovada em assembleia ontem (3) à noite por todas as categorias.

Pela decisão, tomada em plantão, fica proibida qualquer manifestação no perímetro do Estádio Nacional Mané Garrincha, sob pena de pagamento de multa de R$ 500 mil por parte dos sindicatos ligados à categoria. A multa diária por descumprimento dessa decisão, de voltar às atividades, é de R$ 200 mil.

O Sindicato dos Policiais (Sinpol) informou que não tem conhecimento da decisão, tampouco foi notificado a respeito pela ilegalidade do movimento. "As paralisações continuam da mesma forma, até decisão em assembleia geral marcada para segunda feira (8)", disse.

O Sindicato dos Delegados (Sindepo) já foi notificado, disse que já voltou as atividades, mas convocou assembleia para a tarde desta sexta-feira (5) para nova deliberação.