Mais Lidas

ESQUECERAM MARISA

HOMENAGEM A MARISA VIROU ‘MISSA DE CORPO PRESENTE’ PARA LULA

NA 'MISSA PARA MARISA', LULA IGNORA AS ORAÇÕES E A FAMÍLIA

acessibilidade:
ALHEIO À CELEBRAÇÃO USADA COMO PRETEXTO PARA ADIAR SUA PRISÃO, LULA ACENA PARA APOIADORES. (FOTO: REPRODUÇÃO DA TV)

A missa em homenagem à memória da falecida ex-primeira dama Marisa Letícia se transformou em uma espécie de “missa de corpo presente” para o ex-presidente Lula, que subiu ao palanque onde um grupo de padres ligados ao PT passou a oficiar uma espécie de celebração ecumênica. A expressão “missa de corpo presente” foi utilizada pelo jornalista José Paulo da Andrade, da rádio Bandeirantes. O caráter político do “ato religioso” fica claro até pela ausência de familiares de Marisa Leitícia e do próprio Lula, no palanque, onde se acotovelam ex-mnistros e políticos tentando associação à popularidade do político conenado à prisão por corruoção.

O próprio Lula parece alheio à celebração religiosa. Enquanto padres, freiras e outros militantes petistas se revezam ao microfone lendo textos bíblicos, o ex-presidente circula de um lado para o outro do palanque, trocando beijinhos, abraços e batendo papo com os presentes, como a ex-presidente cassada Dilma Rousseff e alguns ex-ministros como Gilberto Carvalho, Aloizio Mercadante e Gleisi Hoffmann, todos enrolados em acusações de corrupção e irregularidades, e apenas um governador: Wellington Dias, do Piauí.

Reportar Erro