Mais Lidas

Dança das cadeiras

Governo oficializa na 2ª feira Ciro na Casa Civil e recriação de ministério

Luiz Eduardo Ramos continua no Planalto, como secretário-geral

acessibilidade:
Senador Ciro Nogueira -Foto: Edilson Rodrigues/Ag Senado)

O presidente Jair Bolsonaro confirmou o convite ao senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do Progressistas (PP), para ocupar o cargo de ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República.

Bolsonaro não deu importância à divulgação de declarações antigas de Nogueira chamando-o de “fascista” e “preconceituoso”, afirmando que não terá problemas de relacionamento com o futuro ministro.

Ele disse também que decidiu recriar o Ministério do Trabalho, que ganhará a denominação de Ministério do Emprego, designando para chefiá-lo o atual secretário-geral da Presidência, Onyx Lorenzoni.

Para o lugar de Lorenzoni, na Secretaria Geral, será designado o general Luiz Eduardo Ramos, demitido da Casa Civil para ceder lugar a Ciro Nogueira.

Essa dança das cadeiras será anunciada formalmente na próxima segunda-feira (26), marcando o controle do PP sobre a gestão d governo e do próprio Palácio do Planalto, onde outra representante do mesmo grupo político, o centrão, Flávia Arruda, ocupa o cargo de ministra-chefe da Secretaria de Governo.