transporte escolar

Governo mantém ônibus escolares novos no pátio

Atraso no trâmite burocrático deixa ônibus quatro meses na garagem

acessibilidade:

Destoando da precariedade de parte dos ônibus que circulam no transporte público de Brasília, a Secretaria de Educação possui cerca de cem veículos escolares novo para transportar crianças. A diferença entre os escolares e os coletivos não é apenas o tempo de uso. Mas os coletivos velhos circulam enquanto os carros novos estão estacionados na garagem à espera de motoristas.

Uma denúncia da presidente da Comissão de Educação da Câmara Legislativa, deputada Liliane Roriz (PRTB), na tribuna nesta quinta-feira (10) revela que os carros entregues em agosto não atendem as crianças por falta de motoristas habilitados e ‘problemas burocráticos’. Os 106 carros estação na garagem da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB).

?Cerca de 10 mil crianças ainda precisam caminhar a pé até a escola para conseguir estudar. É no mínimo estranho que um governo que recebe uma frota como essa protele por quase três meses o funcionamento do projeto. Estão esperando o ano escolar terminar para tirar os ônibus da garagem??, reclamou a distrital. Liliane alega ser incompetência do GDF em acelerar projetos.

Os ônibus foram adquiridos por uma parceria entre o governo local e o Ministério da Educação. Os governos do DF e federal investiram, aproximadamente, R$12 milhões e R$ 10 milhões, respectivamente. O GDF ainda aguarda o recebimento de mais 40 veículos até o fim do mês.

A Secretaria de Educação esclarece os veículos estão parados na garagem da TCB porque se está construindo a gestão e a operação dessa frota de ônibus que será feita pela TCB, em parceria com a Secretaria. Por nota, a pasta alega que após as etapas ?terá condições de iniciar a operação da referida frota de ônibus, tempo necessário para que possa fazer concluir o planejamento da operação e das contratações de mão-de-obra, combustível, estoque de peças, ferramental?.