Mais Lidas

Volta aos postos

Fim da greve dos terceirizados

Trabalhadores prestam serviço nos órgãos do GDF, Governo Federal e empresas privadas

acessibilidade:

Os trabalhadores terceirizados do Distrito Federal resolveram acabar com a greve que começou no dia 15 de janeiro. Durante Assembleia Geral, realizada nesta sexta-feira (23), a categoria acatou, por unanimidade, a proposta patronal.

Na proposta aprovada, determina o reajuste salarial de 9% para quem ganha até R$ 1.500 e de 7% para salários acima desse valor. Os reajustes já contam para o próximo pagamento. O tíquete alimentação passa a ser no valor de R$ 24. Ficou determinado o retorno imediato aos postos de trabalho.

Também ficou acordado com os patrões, que todas as demissões ocorridas durante a greve serão revistas, além da negociação sobre os dias parados.

A categoria tem mais de 86 mil trabalhadores que prestam serviços nas áreas de limpeza, conservação, manutenção, merendeiras, apoio administrativo, recepção e bilhetagem nos órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), Governo Federal e empresas privadas.

Reportar Erro